Como publicar

Postado por Ana MagyarJul 25, 2017

 

A avaliação de obras para possível publicação pela Editor@ do CCTA pauta-se pela sua linha editorial, que privilegia trabalhos originais que contribuam para a difusão do conhecimento nas várias áreas do saber e para o enriquecimento do ensino universitário.

A apresentação dos originais deve obedecer aos seguintes procedimentos:

• Entrega de uma cópia impressa da versão definitiva do texto acompanhada de um arquivo pdf equivalente;

• Apresentação da Proposta de Publicação devidamente preenchida (disponível para download aqui);

• Ofício de encaminhamento endereçado à Comissão Editorial solicitando avaliação do trabalho.

Nesta etapa do processo, não devem ser encaminhados materiais originais (livros, fotos, cromos etc.) que compõem o trabalho, apenas cópias impressas, não serão devolvidas as originais encaminhadas, devendo o autor manter cópias do seu trabalho.

Obras originadas de trabalhos de conclusão de curso, de monografias de cursos de especialização e de dissertações de mestrado assim como anais de congressos, seminários ou outros eventos semelhantes não são aceitas para avaliação.

Obras originadas de teses de doutorado devem ser reformuladas pelo autor antes de serem submetidas à apreciação editorial, visando a sua adaptação à publicação como livro. Deve-se adotar um texto mais fluido e mais enxuto no que tange às referências bibliográficas e notas de rodapé, com redação uniforme. Citações extensas, referências e/ou digressões, típicas de teses universitárias, deverão ser editadas. Teses de doutorado enviadas para avaliação sem a devida reformulação serão imediatamente recusadas.

Os proponentes deverão se prontificar, a qualquer momento, a esclarecer dúvidas e/ou realizar reformulações conforme demanda da Comissão Editorial.

Os originais deverão apresentar o texto com conteúdo definitivo, não sendo aceitos projetos, obras incompletas ou com partes a serem acrescidas/reformuladas posteriormente. A única exceção aceitável, neste caso, será a incorporação a posteriori de um prefácio.

A Editor@ do CCTA poderá publicar coletâneas de vários autores desde que os originais apresentem todos os textos completos, bem como todas as referências dos autores colaboradores. É importante frisar que a obra coletiva deve apresentar uma padronização no que tange à redação dos textos, ao uso de notas bibliográficas e de rodapé, à apresentação dos autores, além de uma disposição equilibrada das contribuições, evitando-se a simples constituição de um mosaico de temáticas afins. Já na submissão da proposta é imprescindível que os textos compilados estejam acompanhados de introdução de autoria do organizador que justifique a edição da coletânea em forma de livro e a pertinência de cada um dos textos ao conjunto, explicitando a unidade da publicação. O organizador deve apresentar também autorizações por escrito de todos os colaboradores e responsabilizar-se pelo acompanhamento da produção editorial do livro em todas as suas etapas.

A Editor@ do CCTA poderá avaliar propostas de tradução de obras encaminhadas por professores ou pesquisadores universitários, desde que os títulos contribuam para o ensino superior, preenchendo lacunas ou auxiliando no desenvolvimento de áreas específicas de pesquisa. As propostas de tradução devem ressaltar a importância da obra para a área do conhecimento na qual se enquadre, explicitando sua relevância e justificando a necessidade de sua disponibilização em português. Para a avaliação, é necessário que a editora receba uma cópia da obra em sua língua original, a qual deve ser acompanhada da tradução, caso já se encontre disponível.

A composição da obra, incluindo o projeto gráfico e a criação da capa, será de responsabilidade da Editor@ do CCTA, reservando-se o direito de desenvolver e definir o projeto gráfico que julgue mais pertinente.

Os originais recebidos que atendam às especificações da editora serão encaminhados para um consultor externo, especialista no assunto, a fim de passarem por uma avaliação de mérito. Após apreciar essa avaliação, a Comissão Editorial tomará a decisão final quanto à publicação da obra. Ressalte-se que os pareceres externos apenas subsidiam a decisão do conselho, não representando, necessariamente, garantia de publicação da obra.

A Comissão se reúne regularmente a cada dois meses, ou quando julgar oportuno. São três as decisões possíveis: o livro pode ser aprovado definitivamente, o que significa que será uma publicação de exclusiva responsabilidade da Editor@ do CCTA; o livro pode ser aprovado em regime de coedição (neste caso, o autor deverá se encarregar da procura de outra editora para dividir os custos de produção do livro); ou o livro pode ser recusado. Os originais aprovados serão publicados de acordo com o cronograma de produção da Editora. Os autores, após a aprovação da obra, deverão entregar o texto definitivo num prazo máximo de seis meses.

 
www.000webhost.com